Deu Lequinho, Igor Leal, Junior Fionda e cia na Final do Samba da Mangueira!

A Mangueira escolheu seu hino para o carnaval de 2017, numa noite cheia de festa no Palácio do Samba.

A conhecida parceria de Lequinho da Mangueira, já vitoriosa em outros carnavais, levou a melhor sobre as badalas obras de Arlindo Cruz, Nelson Sargento e cia, e Tantinho, Devid Domênico e cia, que abrilhantaram a festa com um show de talentos, emoção e a festa de sempre feita ao final.
Numa disputa acirrada até a grande final, já na madrugada deste domingo (16), o presidente Chiquinho da Mangueira anunciou, para um Palácio do Samba lotado, a vitória do samba que destaca em seus versos a força de quem é nascido e criado para vencer demanda.

Muitos comentavam sobre uma possibilidade de juntar os sambas, algo que seria inédito na Estação Primeira, mas logo em seu discurso o presidente Chiquinho da Mangueira deixo claro que não aconteceria: “Tínhamos três grandes sambas, mas infelizmente só podíamos ficar com um deles. Tenho a certeza de que todos representariam muito bem a Mangueira, mas acredito que, mais uma vez, acertamos na escolha e teremos um canto forte na Sapucaí”, disse o presidente .
Com o Enredo de 2017, de autoria do carnavalesco Leandro Vieira, “Só Com a Ajuda do Santo”, a Estação Primeira vai levar para o carnaval  uma forma particular com que o brasileiro lida com a religiosidade. “É a religião à moda brasileira. O catolicismo ‘moreno’. O santo de casa. A intimidade com a santidade. A prece seguida da promessa. A barganha. A festa para o santo. O santo que é orixá. O sacro e o profano. O canto gregoriano ‘remixado’ com o ponto de caboclo, boiadeiro e preto-velho. Um retrato ‘três por quatro’ da devoção brasileira – disse Leandro Vieira.

Agora é aguardar a versão final da escola, preparar a garganta e soltar a voz, afinal a gravação do cd já está chegando e a comunidade da Mangueira quer fazer bonito na gravação e depois na avenida, e quem sabe conseguir trazer o bicampeonato tão sonhado para a Verde e Rosa mais famosa do mundo.

Foto: Thiago Matos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *